domingo, 12 de abril de 2009

11 de abril de 1986.


.há 23 anos eu venho procurando perguntas para minhas respostas.

[Com o sol em áries e o ascendente em sargitário , algumas luas em libra e outras em capricórnio, eu caminho acreditando na beleza das coisas da natureza. Sou grata a vida que me presenteia todos os dias com novas cores no meu amanhecer. Sou grata as flores (e aos cravos!) que me acompanham. Sou grata pelas lições. Sou grata por existirem palavras bonitas. Sou grata pelos sons, pelos cheiros, pelas texturas, pelos sonhos. Principalmente, pelos sonhos.]

3 comentários:

Aline Lima disse...

pensando assim que é bonita a gratidão... =)

Tainá Facó disse...

Que linda!

E as respostas? Estão perto ou longe de serem encontradas? :)

glória disse...

esse sentimento genuíno de gratidão é o sedimento fundamental de uma existância mais plena, eu tb me sinto assim, nem sei como agardecer cada pequeno e grande gesto de amor e reconhecimento que a vida e os afetos têm me proporcionado. texto singelo e terno o seu, bjs