quarta-feira, 8 de abril de 2009

puro movimento.

[imagem: devianart.com]

primavera verão outono inverno
segundo minuto hora dia mês ano década séculos dos séculos
azul amarelo verde cinza vermelho
imagem ação som cor:
ciclos de amor.

gosto dos movimentos não-retilíneos nem uniformes
gosto de ver novas cores pelo caminho.
quero ficar mais perto das estrelas
e quando a lua cresce eu cresço.

[E decidiu: vou viajar. Porque não morri, porque é verão, porque é tarde demais e eu quero ver, rever, transver, milver tudo que não vi e ainda mais do que já vi, como um danado, quero ver feito Pessoa, que também morreu sem encontrar. Maldito e solitário, decidiu ousado: vou viajar.]. Caio F.

6 comentários:

Aline Lima disse...

Caaaaaaara! até agora teu melhor texto! perfeito!!!! quando a lua cresce, cresço tbm... =D
(de cara eu, perfeito texto!)

Tainá Facó disse...

Dentre as coisas mais lindas do mundo, eu sei, tenho certeza, que nelas você está!

Maria Inácia Bellico disse...

Amei o teu jogo de palavras. Muito original.

Uma feliz páscoa pra ti. Que ela seja muito docinha.

Bjim*

Raphael Haluli disse...

Então siga logo quem souber
O caminho para ser feliz
É viagem pra quem não tem pressa
O destino de quem sempre quis
Ter alguma luz

De repente vem uma canção qualquer
Logo nos conduz
E a verdade que ninguém podia ver
Surge a olhos nus

Com a ordem natural das coisas
Pelo menos aprendi
Foi a ordem natural das coisas
Que me trouxe até aqui

glória disse...

eu percebo aqui de longe e perto, sua natureza movimento, sua poesia faminta de cores e lugares de vida, boa viagem e boa páscoa!

-Thiago Matos disse...

E quando a lua minguar, não míngüi.
Você, já grande, crescerá ainda mais.
Excelente texto.
O meu beijo.