terça-feira, 27 de dezembro de 2011

.com amor, eu recomeço.

[imagem: google]

Escrevo hoje de coração tranquilo em alma inquieta que se assossega aos poucos em meio as luzes e sons e brilho do mundo. Escrevo porque este ano está findando e eu gosto de rituais - mesmo que nós saibamos que  será apenas a virada de um folhinha no calendário. Uma nova chance - uma esperança, mais fé (em tudo). Um(ns) recomeço(s). Hoje - ou dia primeiro, ou em maio, ou ainda em agosto - sempre é tempo - o nosso maior presente. Escrever, isso sim também é ritual: silêncio na rua, música bonita ao fundo, alma intensa e palavras que fluem. Escrevo hoje para agradecer. Escrevo como quem reza e conversa e procura a natureza divina em meio a tudo isso ainda incompreensível. Sou imensamente grata pela força, pela luz, pelo amor. Pelas lições, pelo que não deu tão certo, pelos nãos, pela insistência em tentar compreender o mundo e até pela paciência que se faz necessária crescer frente algumas pessoas e situações cotidianas. Grata pela coragem e pelos medos. Por seguir em frente, por ter saúde (eu e os meus), por cada manhã e dia findado. Sou grata pela felicidade nas coisas mais simples: no carinho do meu amor, na companhia de pessoas queridas, no sossego da casa. Desejo saúde, desejo sorte, desejo fé no hoje. Desejo amor em cada recomeço - a nós!

5 comentários:

Anônimo disse...

www.youtube.com/watch?v=PooVtv_fP0g

:)

Mônica. disse...

Só um recado pra você: ESQUEÇA QUE EU EXISTO. Vá cuidar de sua vida e pare de ler/acompanhar a minha. Ah, e vá se danar bem longe daqui.

Rodolfo Nasta disse...

Se me escapan algunas palabras de tu post, pero comprendo el sentido de finalizar un año y comenza "de novo". Va un abrazo argentino para tí, con los mejores deseos y mucha paz.
Cariños para vos
Rodolfo

Natália B. disse...

Como você sugeriu, tão docemente, na frase acima do nome do blog..Eu senti!

Bom recomeço a todos nós...Seja ele bom ou ruim, fácil ou difícil, doloroso, breve ou intenso...Mas, que seja!

Beijos

Nelson Teixeira disse...

"Só um recado pra você: ESQUEÇA QUE EU EXISTO."

Até aqui não tenho como por mais que eu procure fazer isso. Acredite, não foi por falta de querer ou de me esforçar. Vou carregar isso pro resto desta vida e possivelmente da próxima.

"Vá cuidar de sua vida e pare de ler/acompanhar a minha. Ah, e vá se danar bem longe daqui."

Isso eu posso fazer, sem a parte da danação. Não voltarei mais e perdão. Não tinha qq má intenção além de ler as coisas maravilhosas que vc escreve.

:...(
Nelson